Aprender um segundo idioma é bom para crianças autistas?

crianca-com-autismo

Aprender um segundo idioma é bom para crianças autistas?

De acordo com estudos e pesquisas realizadas no Canadá, crianças com autismo acham mais fácil trocar de tarefas quando essas são bilíngues.

Muitos pais no passado não ensinavam uma segunda língua para os filhos portadores do espectro autista por medo que eles tivessem ainda mais dificuldades, porém foi provado que os bilíngues na verdade possuem algumas vantagens em termos de funções executivas em relação aos que falam apenas uma língua.

Qual foi a pesquisa feita?

Crianças portadoras e não portadoras do espectro com idades de 6 a 9 foram divididas em 4 grupos. Um dos grupos tinha 20 crianças bilíngues, sendo que a metade delas portadora. O segundo grupo também com 20 crianças que apenas falavam um idioma, das quais a metade era portadora .

Pediu-se ao grupo que separassem coelhos azuis e barquinhos vermelhos que apareciam na tela do computador por cores. Então pedia se que eles trocassem e classificassem os objetos pela sua forma, independente da cor.

O estudo concluiu que os bilíngues tiveram uma performance superior ao dos não bilíngues quando tiveram de fazer algo mais complexo.

 

Fonte: Daily Mail 

Gostou do artigo? Para maiores informações sobre cursos de imersão em inglês ou outros cursos entre em contato conosco.



Deixe uma resposta