O que é nearshoring?

As constantes mudanças no mundo corporativo, assim como a tecnologia como principal meio de acesso ao conhecimento, à informação e ao networking, aproximaram as empresas e os profissionais

Todas normas excessivas que existiram diminuíram, o que permite mais contratações pelas empresas estrangeiras de profissionais qualificados próximos de seus países ou na mesma zona horária.

O mundo digital e o trabalho remoto permitem que as empresas encontrem os melhores talentos independentemente de onde esse profissional esteja localizado, em vez de serem constrangidas por seu ambiente, como é típico em um trabalho presencial.

Por isso, um cidadão brasileiro pode trabalhar remotamente para conseguir um emprego ou oportunidade em outro país.

Muitas empresas buscam talentos com as habilidades necessárias em outros países devido à falta de mão de obra qualificada local ou ao alto custo de atrair mão-de-obra local.

Como resultado, o nearshoring está se tornando uma realidade mais comum.

Você quer saber mais sobre o que estamos discutindo?

Continue lendo para saber mais sobre nearshoring e como trabalhar para uma empresa estrangeira!

O que é nearshoring?

Nearshoring, também conhecido como nearshore outsourcing, é a prática de terceirização de certas funções da empresa para instalações em países próximos.

A proximidade do cliente e do fornecedor da terceirização facilita a interação entre as duas partes em ocasiões, e em alguns casos também pode ajudar a reduzir o risco de barreiras culturais ou lingüísticas que afetam negativamente a relação de trabalho.

Embora haja exceções, o nearshoring frequentemente requer a terceirização dos serviços prestados por uma empresa sediada em um país vizinho.

O estabelecimento de uma estratégia de nearshoring será influenciado por uma série de fatores.

Fatores como os respectivos fusos horários das duas partes podem ser importantes, além de sua proximidade geográfica relativamente próxima.

Isto significa que uma empresa baseada na costa oeste dos Estados Unidos pode preferir terceirizar para uma empresa baseada na fronteira oeste do México.

Uma empresa baseada em Chicago, por outro lado, pode preferir terceirizar para um parceiro canadense que também esteja no fuso horário central.

Quando se trata de nearshoring, o idioma e a cultura podem desempenhar um papel importante.

Isto é especialmente verdadeiro quando se trata de terceirização de funções de atendimento e suporte ao cliente.

Como as barreiras linguísticas podem obstruir a comunicação, uma empresa pode optar por terceirizar a função para um local em um país vizinho onde a maioria dos clientes da empresa fala o mesmo idioma que aqueles que prestam atendimento e assistência ao cliente.

Isto reduz as chances de os clientes ficarem insatisfeitos com a incapacidade de um representante de serviços de se comunicar efetivamente e encerrar a relação comercial em favor dos serviços de um concorrente.

O nearshoring está se tornando mais popular

Enquanto o nearshoring refere-se amplamente ao movimento de operações da Ásia para a América Latina para se aproximar dos principais mercados da América do Norte, devido à forte dependência histórica das empresas americanas da mão de obra chinesa para a fabricação de bens, geralmente refere-se ao movimento de fabricação para fora da China – um concorrente global cada vez mais assertivo para os Estados Unidos.

O nearshoring tornou-se mais popular nos últimos anos, com o Índice de Reforma Kearney de 2019 destacando como as exportações do México para os EUA aumentaram US$ 28 bilhões ano após ano, um aumento de 10%, em linha com o que Kearney relatou como um recorde histórico para as empresas americanas nearshoring para as Américas e de volta para os EUA.

Como resultado da pandemia da COVID-19, que resultou no fechamento de fábricas e no consumo distorcido, as exportações de manufatura do México para os Estados Unidos caíram 10% em 2020, à medida que a demanda por automóveis caiu.

Isto levou os autores da edição 2020 do Índice de Reforma a chamá-lo de “um desafio único de interpretação”. Eles observaram, no entanto, que o nearshoring continua a ser atraente para as empresas americanas.

De acordo com uma pesquisa realizada com executivos de manufatura dos EUA, muitos viram o nearshoring como uma opção melhor do que voltar para os EUA, com empresas maiores favorecendo mais a opção.

nearshoringPor que optar pelo nearshoring?

A empresa será capaz de atrair mão-de-obra qualificada com salários mais baixos do que aqueles encontrados em sua região local, entendendo o que é nearshoring e desenvolvendo uma estratégia para buscar profissionais para um escopo de trabalho específico em outro país.

É fundamental para o sucesso do processo que a empresa e o profissional tenha boa comunicação e possam trabalhar juntos para atingir os objetivos e o escopo do trabalho.

Método de contratação

A forma mais comum de contratação de nearshoring é o PJ (pessoa jurídica), que exige que o profissional tenha um CNPJ para emitir faturas de serviços, e o pagamento pode ser vinculado à moeda de origem da empresa contratante ou do profissional.

Quais critérios para fazer parte do nearshoring?

Existem outros fatores a serem considerados, além do fuso horário próximo, a fim de evitar perturbações na comunicação e no horário de trabalho da empresa.

Fluência no idioma da empresa contratante

É fundamental ser fluente no idioma principal da empresa para que haja comunicação entre departamentos e as atividades sejam realizadas de acordo com as políticas da empresa.

Comunicação

Este item é essencial em qualquer negócio, seja ele pequeno ou grande.

Como resultado, é fundamental melhorar a comunicação, ser claro e objetivo o tempo todo e prestar atenção ao fluxo de informações durante o horário de trabalho.

Além disso, para que uma empresa tenha sucesso, gerentes e funcionários devem se comunicar abertamente.

Compreensão do mercado

Aqueles que têm interesse e conhecimento do mercado estrangeiro, particularmente no campo de atividade da empresa, têm mais chances de trabalhar para uma empresa internacional.

Isto permite que as pessoas compartilhem suas experiências, façam sugestões para melhorias e concluam as tarefas rapidamente.

Compatibilidade cultural

Conhecer a missão, visão e valores da empresa, bem como assegurar que a cultura organizacional corresponda à personalidade do profissional, são requisitos críticos para o sucesso em nearshoring.

Afinal, se a trajetória do profissional contratado não correr como planejado devido à falta de adequação cultural, a distância será um fator agravante.

Profissionais com uma mentalidade de crescimento e defensores da diversidade e inclusão no ambiente de trabalho estão mais aptos a lidar com a diversidade cultural que vem do trabalho com empresas estrangeiras e profissionais em geral.

Conclusão

Aprendemos o que é nearshoring e como o mercado está florescendo neste artigo.

Como resultado, se seu papel e seu mercado o permitem, é fundamental entender como se posicionar para ser abordado por empresas estrangeiras em busca de profissionais de outros países.

Você será capaz de buscar este tipo de trabalho de forma mais eficaz se entender as exigências e condições sob as quais você terá as melhores chances de conseguir um emprego em uma empresa que realiza nearshoring.

Nossa equipe tem clientes internacionais que procuram contratar profissionais para atender a demanda de mão de obra qualificada local.

Rate this post


Leave a Reply

Open chat
1
Olá, estamos online...